close
Direitos reprodutivosExclusivo para assinantesPolítica 2018

Barrado por maioria masculina, projeto de legalização do aborto deixa legado na Argentina

O projeto de lei só poderá voltar a ser debatido pelo Congresso em março de 2019. | Foto: MONK Fotografía

Derrotado por placar de 38 senadores contrários e 31 favoráveis, projeto de legalização da interrupção voluntária da gestação movimentou multidões e mudou tom do debate público sobre os direitos das mulheres no país e na região; no Brasil, enquanto o STF discute a descriminalização da prática, movimentos feministas observam

Você precisa ser assinante para ler este conteúdo na íntegra. Por favor, faça seu Login para acessar ou Assine agora.